Conheça 3 cursos de economia criativa e não fique de fora dessa tendência

  • Home
  • Aprendizado
  • Conheça 3 cursos de economia criativa e não fique de fora dessa tendência
Alunos aprendem sobre economia criativa na sala de aula

O mercado cada vez mais exigente fez surgir a necessidade de estimular ainda mais habilidades como a criatividade. Por isso, cursos de economia criativa têm atraído muitas pessoas que estão buscando novas ideias, experiências e negócios.

Adquirir conhecimento nessa área é uma boa maneira de preparar-se para aproveitar oportunidades que já existem ou mesmo criar novas, estando sempre atento às tendências para desenvolver sua carreira profissional.

Quer saber mais sobre o assunto? Leia o post a seguir para entender melhor o que é economia criativa e conhecer algumas opções de cursos que seguem esse conceito.

O que é economia criativa?

A ideia de economia criativa abrange todo o processo de criação, produção e distribuição de bens ou serviços que gerem valor econômico e social, utilizando a cultura e a criatividade como insumos.

Um produto da economia criativa deve necessariamente gerar algum valor não só para a economia, mas também para uma nova dinâmica cultural e social.

Alguns dos setores que se encaixam nessa perspectiva são o audiovisual, moda, design e expressões culturais como música e teatro.

Quais cursos de economia criativa posso fazer?

Estimular o processo criativo nem sempre é uma tarefa fácil, por isso os cursos são ferramentas importantes para ajudar a criar novos olhares e negócios. Conheça 3 exemplos de alternativas interessantes disponíveis no mercado.

1. Biomimética

Tendência desconhecida por muitas pessoas, a biomimética é o estudo dos princípios da natureza na tentativa de encontrar soluções para problemas atuais da sociedade, sobretudo para os hábitos insustentáveis que cultivamos por tantos anos.

A natureza deve ser vista como um exemplo, não como uma fonte de apropriação para que o convívio com o meio ambiente se torne mais sustentável. Conceitos como transformação, adaptação, cooperação e preservação são relevantes para gerar negócios inovadores e mais sustentáveis.

2. Visual merchandising

Considerar o processo de compra como uma experiência faz com que o visual merchandising seja uma das ferramentas mais importantes para o sucesso do negócio. É uma maneira de agregar valor para o produto ou serviço e ajudar na conquista de potenciais clientes.

Explorar essa área significa entender melhor o comportamento do consumidor e pesquisar referências para oferecer uma experiência mais elaborada, criativa e completa no ponto de venda. É traduzir a imagem da empresa para gerar impactos positivos no cliente e despertar o desejo da compra, indo além das técnicas tradicionais do marketing.

3. Marketing de guerrilha

Pessoas de áreas como Marketing e Publicidade e Propaganda devem considerar novas técnicas e ferramentas para lidar com os desafios de um mercado cada vez mais exigente e competitivo. O processo é semelhante a um campo de batalha, por isso a referência da guerrilha.

O intuito da economia criativa é ir sempre além dos métodos tradicionais para conseguir impactar de alguma maneira o ambiente e também gerar prosperidade para o negócio, seja ele qual for.

Gostou de saber mais sobre cursos de economia criativa? Não perca tempo e prepare-se para um novo mundo de oportunidades. Entre em contato com a gente para saber mais sobre o assunto!

Saibalá

A Saibalá é uma plataforma de conteúdos nas áreas de Economia Criativa, que propicia uma experiência de aprendizado inovadora, através do know how de quem realmente sabe. Nós fornecemos conteúdos relevantes e atualizados, pela ótica de agentes da inovação. Oferecemos acesso a seus ambientes reais de trabalho, através de cursos com qualidade e narrativa cinematográfica, em uma experiência como você nunca viu.

Deixe um comentário
Share This