Descubra o que é Design Thinking e a sua importância

  • Home
  • Design
  • Descubra o que é Design Thinking e a sua importância
Ilustração de um cérebro criativo tendo uma ideia

Pensar como um designer é uma das fortes tendências conceituais no mundo corporativo. Tendo isso em mente, o termo Design Thinking é também sinônimo de inovação. Mas para entender o que é Design Thinking e como aplicá-lo em seu negócio, é preciso, antes, saber como um designer realmente pensa, não é?

Ele precisa sempre levar em consideração características comportamentais, pessoais e emocionais ao olhar para as pessoas para quem desenvolve seus projetos. A tendência é que essa visão seja expandida para as empresas.

Neste post vamos esclarecer alguns pontos-chave sobre esse conceito. Acompanhe-nos!

Entenda a importância do Design Thinking para a inovação

Assim como o designer, é importante que o empresário tenha empatia com o universo particular do consumidor para analisá-lo com propriedade e criar soluções adequadas e inovadoras a esse público. Por isso, deve-se sempre ter por foco a experiência que se cria para o usuário.

Pensar como um designer possibilita que a empresa encontre respostas criativas e inovadoras para as questões do público. Com isso, a inovação brotará dessa observação imersiva dos vários aspectos que dizem respeito à persona daquele consumidor.

Conheça os pilares do conceito

Empatia

É preciso colocar-se no lugar do usuário para que seja possível elaborar, a partir desse lugar, soluções precisamente úteis.

Você pode, por exemplo, observar atentamente como o usuário interage com o seu sistema, verificando suas principais dificuldades, para, a partir disso, implementar tecnologias que possam auxiliá-lo.

Colaboração

A abordagem do Design Thinking propõe a mistura de profissionais de diversas áreas e formações, de modo que todo mundo é colocado para trabalhar junto.

Assim, acredita-se que as inovações surgirão nesse cenário de diversidade. Com uma equipe multidisciplinar formada, na qual caibam profissionais de todas as áreas, será sempre possível receber várias visões “de fora” do processo que ofereçam uma nova perspectiva.

Visualização

Em Design Thinking, busca-se uma percepção visual do negócio, como em um desenho ou uma fotografia panorâmica da empresa em funcionamento.

Isso permite uma visualização mais ampla dos seus processos e a verificação do lugar onde há necessidade de inovações.

Tangibilização

É tirar as ideias do papel, tornando-as tangíveis (concretas), sair da abstração e ir para a concretude de uma maquete, ou de um desenho que represente os resultados da empreitada.

Bem como na visualização, aqui, a intenção é tornar os detalhes do projeto palpáveis, para melhor discutí-los.

Entenda as etapas do Design Thinking

Imersão

A equipe deve mergulhar no projeto para levantar quantas informações forem possíveis, a fim de viabilizar a execução do projeto, prevendo, também, o impacto que ele terá nos usuários.

Para isso, pode-se criar personas ou entrevistar usuários, entre outras estratégias, com a finalidade de entender como o seu produto poderá ajudar, efetivamente, o cliente.

Ideação

Essa é a etapa em que pensar como designer deverá gerar boas ideias. Nessa hora, vale tudo: desde criar personagens, puzzles e colagens, a promover brainstormings a partir das informações conseguidas na imersão.

Depois disso, sua equipe fará a peneira das melhores ideias e descartará as ruins.

Prototipação

Nessa etapa, os conceitos elaborados serão postos à prova. Com os protótipos e versões beta de um produto, é possível testar o que as pessoas acham das aplicações, produtos ou serviços, para aprimorá-los e, só assim, colocá-los no mercado.

A prototipação é a etapa que permite erros, antes do seu produto ser lançado efetivamente.

Esperamos que esse post tenha dado coordenadas interessantes sobre o que é Design Thinking. Para mais material como esse, siga as nossas páginas nas redes sociais: estamos no Facebook, no Instagram, no Medium e YouTube! Até a próxima!

Saibalá

A Saibalá é uma plataforma de conteúdos nas áreas de Economia Criativa, que propicia uma experiência de aprendizado inovadora, através do know how de quem realmente sabe. Nós fornecemos conteúdos relevantes e atualizados, pela ótica de agentes da inovação. Oferecemos acesso a seus ambientes reais de trabalho, através de cursos com qualidade e narrativa cinematográfica, em uma experiência como você nunca viu.

Deixe um comentário
Share This