5 dicas de Design Thinking para resolver problemas no dia a dia

  • Home
  • Design
  • 5 dicas de Design Thinking para resolver problemas no dia a dia
Ilustração do uso do Design Thinking no cotidiano

Em busca de soluções criativas e inovadoras para problemas de diversos âmbitos, o design thinking se estabeleceu como uma das abordagens mais eficazes, podendo ser utilizado não somente em empresas, mas também na vida cotidiana. Basta que haja um desafio e pessoas interessadas em resolvê-lo!

Através de suas várias etapas, pretende-se atingir o entendimento comportamental, cultural e de relacionamento entre as pessoas e as dificuldades enfrentadas em suas atividades do dia a dia. Ou seja, é um trabalho que utiliza a empatia para solucionar problemas e criar respostas inovadoras a partir do conhecimento gerado.

O exercício dessa abordagem considera três fases fundamentais: a imersão, a ideação e a prototipagem, que podem ser divididas em subfases para melhor compreensão. Pensando nisso, separamos aqui 5 dicas de Design Thinking para aplicação na vida cotidiana. Continue a leitura!

1. Conheça a fundo o desafio

Suponha, por exemplo, que esteja ocorrendo um conflito relacionado ao estacionamento de um condomínio, no qual diversos carros foram riscados por falta de área de manobra.

Em um primeiro momento, deve-se aprofundar todo o contexto do problema. Obtenha o máximo de informações sobre as atividades que são desenvolvidas pelas pessoas relacionadas com o problema e o contexto em que elas as realizam.

É importante também observar as interações que existem entre indivíduos. Conseguir entender o processo em que as atividades funcionam auxilia muito na solução do desafio enfrentado.

2. Interaja com as pessoas envolvidas

É essencial conversar com o máximo de pessoas comprometidas no problema para saber sobre seus valores, suas opiniões e frustrações.

No nosso exemplo, o síndico reuniria os moradores afetados para ouvir suas queixas. Conversar e buscar entender as dificuldades de cada um pode contribuir para encontrar a raiz do problema.

3. Promova um brainstorming

A participação de pessoas que não estejam tão envolvidas no problema, para obter uma visão de fora do contexto, e a realização de um brainstorming, contribui significativamente para resolver o desafio. No caso do condomínio, porteiros, zeladores e moradores que não têm carros poderiam ser chamados para contribuir com a discussão.

Afinal, é bem mais fácil para os envolvidos focar somente no problema, sem conseguir visualizar uma solução. Quando há outro ponto de vista, com novos questionamentos e reflexões, novas ideias surgem para resolver os desafios.

4. Analise as ideias

Após a realização do brainstorming, inicie a etapa de análise das ideias obtidas. É importante ficar atento quanto à realidade do problema — que pode ser, por exemplo, de recursos financeiros reduzidos.

Por isso, é fundamental pensar em soluções que não tenham um custo muito alto e que sejam de fácil implementação.

5. Teste as ideias

Mesmo que a ideia possa parecer a melhor e a mais inovadora, você apenas poderá verificar se ela realmente funciona ao colocá-la em prática.

A prototipagem não é necessariamente a última etapa, pois também pode-se ir testando as ideias conforme elas surgem. E não há necessidade de gastar muito tempo ou dinheiro, pois o protótipo da ideia em questão pode ser simples.

No nosso estacionamento, poderia ser testada durante uma semana a realocação de carros maiores para outras vagas pré-determinadas.

Caso a solução proposta não seja a ideal na prática, isso não deve ser visto como algo ruim. A intenção é que sejam feitos vários testes até que se encontre uma alternativa viável.

Gostou de entender melhor como aplicar essa abordagem revolucionária? Então, aproveite para aprender ainda mais no nosso post sobre o que é Design Thinking e qual é sua importância!

Saibalá

A Saibalá é uma plataforma de conteúdos nas áreas de Economia Criativa, que propicia uma experiência de aprendizado inovadora, através do know how de quem realmente sabe. Nós fornecemos conteúdos relevantes e atualizados, pela ótica de agentes da inovação. Oferecemos acesso a seus ambientes reais de trabalho, através de cursos com qualidade e narrativa cinematográfica, em uma experiência como você nunca viu.

Deixe um comentário

Share This